Há um ano atrás eu escrevi a matéria “Pela primeira vez a liberdade retratada como uma negra na moeda americana” e hoje eu recebi um e-mail muito especial da Casa da Moeda Americana. O título já me chamou a atenção, “Eu tenho um sonho”, quando li pela primeira vez acreditei se tratar do tão falado e cobiçado sonho americano, mas quando abri o e-mail tive a felicidade de entender seu significado.

Eu tenho um sonho, é como ficou conhecido o discurso do Pastor Marthin Luther King realizado em 1963 no Lincoln Memorial em Washington, apesar de pouco conhecer sua história e seu legado, conheço resumidamente seus esforços em prol de ideais como liberdade, igualdade e fraternidade, ao qual por convicção e aprendizado entre meus irmãos construtores eu sigo.

Eu tenho um sonho que meus quatro pequenos filhos um dia viverão em uma nação onde não serão julgados pela cor da pele, mas pelo conteúdo do seu caráter. Eu tenho um sonho hoje.

Com esse pequeno parágrafo extraído do discurso original de Luther King que a Casa da Moeda Americana, a USA Mint, anuncia uma coleção inteira voltada a homenagear os homens e mulheres que realmente construíram uma nação que hoje muitos sonham em fazer parte, a maior potência do mundo foi construída com tijolos erguidos por negros e todos bem sabem disso. A primeira homenagem foi feita no ano passado, quando a efigie da liberdade foi desenhada como uma mulher negra na moeda americana, hoje essa coleção cresceu um pouco.



A casa da moeda indicou três homens e uma mulher para divulgar sua coleção, vamos conhecer:

FREDERICK DOUGLASS

A esquerda uma moeda com a gravura de Frederick Douglass, ele esta sentado com caneta e papel na sua mão, uma casa esta erguida atrás dele, do lado direito temos uma foto real de sua mesa de trabalho.

 

Frederick Douglass nasceu na escravidão, mas ganhou sua liberdade aos 20 anos de idade. Ele nunca recebeu educação formal, mas alcançou fama nacional como autor e orador. Ele se tornou um orador abolicionista popular nos EUA, Grã-Bretanha e Irlanda. Seus dois livros sobre sua vida e experiências como escravo eram os mais vendidos da época.

 

DR. MARTIN LUTHER KING, JR. & CORETTA SCOTT KING

Internacionalmente considerado como um defensor dos direitos civis e da não-violência, o Dr. Martin Luther King, Jr. trabalhou incansavelmente para melhorar a vida dos afro-americanos que sofrem de injustiça e preconceito. Juntamente com sua esposa, Coretta Scott King, ele mobilizou uma Nação para agir contra o racismo institucional e a segregação. O carisma do rei, as habilidades oratoriais e o compromisso com o protesto não-violento continuam a inspirar gerações de ativistas.

Nós honramos o legado, a bravura e a dedicação dos Reis, nos meses de janeiro e fevereiro em seu aniversário e durante o Mês da História Africano-Americana, mas sua influência e impacto na Nação e no mundo são realizados durante todo o ano.

PRESIDENTE BARACK OBAMA

A posição de liderança mais importante que os Estados Unidos pode oferecer é a Presidência. O jovem Barack Obama rapidamente demonstrou suas habilidades como líder em política local e organização comunitária. Ele serviu no Legislativo do Estado de Illinois e depois ganhou um assento no Senado dos Estados Unidos. Em 2008, ele fez história conquistando eleições como o primeiro presidente afro-americano do país.

Outros grandes nomes estão presentes nessa coleção como Jackie Robinson, o primeiro jogador afro-americano da Major League Baseball na era moderna, ficou conhecido por romper a “linha de cor” no beisebol americano. Considerado até hoje um esporte da elite, na década de 40, quando Robinson fez sua primeira partida oficial, a elite era branca. Faleceu em um acidente de carro no ano de 1971 e foi listado pela revista Time como uma das 100 pessoas mais influentes do século XX.

Rosa Parks é reconhecida como a “primeira dama dos direitos civis” e a “Mãe do movimento da liberdade”, e sua dignidade silenciosa inflamou o movimento social mais significativo da história dos Estados Unidos. Parques foi preso em 1 de dezembro de 1955, em Montgomery, Alabama, por se recusar a desistir de seu assento em um ônibus para um homem branco, e sua posição para direitos iguais tornou-se lendária.

Edward William Brooke também está presente nessa coleção, ele foi o primeiro Senador afro-americano dos Estados Unidos eleito por voto popular, ele faleceu em 2015 com 96 anos de idade.

Outros nomes e eventos estão presente nessa coleção como Tuskegee Airmen, Selma to Montgomery Voting Rights Marches, Byron Nelson, Dorothy Height, Nelson Mandela e alguns outros. Você poderá conhecer mais e também comprar as moedas dessa coleção CLICANDO AQUI.




André Luiz Padilha

Graduado em direito com especialidade em meios alternativos de soluções de conflito e atualmente é estudante de História. Colecionador de moedas desde 1997 e numismata desde 2011. É um ativo divulgador da numismática nacional publicando diversos artigos e estudos por dezenas de plataformas, presta serviços como avaliador e consultor em pelo menos 9 países, também é o fundador da Numismática Castro, do CNERJ e do canal Café e Numismática. É sócio da American Numismatic Association (ANA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.