Então voltamos a falar sobre a Escala Sheldon aqui no portal de estudos numismáticos da Numismática Castro. Primeiro lançamos aqui uma tradução fiel da Escala Sheldon seguindo todas as recomendações da American Numismatic Association, continuamos o estudo apresentando o projeto da BRSheldon e por fim apresentamos algumas comparações e observações para aqueles que estão estudando o tema, lembrando que esse estudo foi desenvolvido pelo nosso colaborador Fábio Herpich.

Criamos então um fluxograma em alta resolução para que você possa graduar sua moeda, um verdadeiro mapa para lhe guiar com precisão até um melhor resultado que se adeque a sua moeda. Recomendamos que você imprima esse fluxograma em sua casa em duas folhas A4 e “cole” as duas páginas para que você tenha uma boa visualização do nosso guia.



Contudo, pecamos em montar esse fluxograma somente para o nosso projeto da BRSheldon e não para a Escala Sheldon em si. Sheldon ou BRSheldon, usar qualquer uma dessas escalas de graduação do estado de conservação trará muitos benefícios para numismática nacional, uma vez que muitos colecionadores se frustam ao receber suas encomendas por visualizarem uma moeda com um estado de conservação inferior ao que foi apresentado no momento do anuncio, uma vez que uma foto de uma moeda pode ser facilmente “manipuladora” seja ela feita propositalmente com programas de edições de imagem ou simplesmente pela luz ambiente que muitas vezes nos engana.

Hoje apresentamos aqui o mesmo fluxograma criado para BRSheldon, contudo esse traz somente as informações originais da Escala Sheldon, lembrando que todas as informações aqui apresentadas foram retiradas do The Official ANA Granding Standards for US Coins, 7ª ed. Em outro momento postaremos um novo fluxograma paras as moedas não circuladas com observações adicionais.

Caso você ainda não esteja familiarizado com as siglas apresentadas nesse fluxograma vamos a legenda. Então, temos AU para Almost Uncirculated (quase não circulada), XF para Extremely Fine (extremamente bem conservada), VF para Very Fine (muito bem conservada), F para Fine (bem conservada), VG para Very Good (muito bom), G para Good (bom), AG para Almost Good (quase bom), FR para Fair (razoável) e PO para Poor (ruim).

Você poderá também baixar a Escala Sheldon traduzida na versão .pdf, assim você terá uma resolução ainda maior do que a da apresentada nesse post e assim, uma melhor visualização também.




André Luiz Padilha

Graduado em direito com especialidade em meios alternativos de soluções de conflito e atualmente é estudante de História. Colecionador de moedas desde 1997 e numismata desde 2011. É um ativo divulgador da numismática nacional publicando diversos artigos e estudos por dezenas de plataformas, presta serviços como avaliador e consultor em pelo menos 9 países, também é o fundador da Numismática Castro, do CNERJ e do canal Café e Numismática. É sócio da American Numismatic Association (ANA)

2 comentários

Edson · 13 de agosto de 2019 às 17:36

Boa tarde amigo, onde posso enviar minhas moedas para graduação e autenticação?
Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.