duas mãos juntas cheias de moedas douradasO estado de conservação em que se encontra uma moeda é um dos fatores mais importes para determinação de seu valor, ao seu lado apenas sua importância histórica e seu número de tiragem. É muito comum que iniciantes tenham uma grande dificuldade para avaliarem suas moedas, há um enorme diferencial entre uma moeda com uma cunhagem impecável e uma outra similar em todos os aspectos, mas que é possível notar algumas marcas de circulação, e isso nem sempre é notado ou apontado por olhos que não estão acostumados com a numismática. Podemos dizer que o grau de conservação de uma moeda é determinado pela quantidade total de desgaste que a mesma possui.



O colecionador principiante deverá treinar classificando as suas moedas segundo este principio, observando todo o desgaste apresentado em cada moeda e não se fixar unicamente em apenas um ou outro isolado.
Devemos entender que classificação de conservação não é igual à classificação de valor, uma moeda poderá ser avaliada, por exemplo, como “Soberba” e “Única” ao mesmo tempo, e o que vamos aprender hoje aqui serão os estados de conservação da moeda para que você possa classificar sua coleção.

É importante que tenhamos total conhecimento de nossa coleção sim, mas um dica muito importante para os colecionadores iniciantes é que não se atentem tanto ao estado da moeda, não há moedas para todos no mundo, existem milhares de colecionadores pelo mundo a fora, então melhor é ter uma moeda muito bem conservada do que não ter nenhuma, dificilmente você verá um caso de alguém que colecione moedas somente flor de cunho, pois essa coleção não deverá ser muito grande.

Sempre prefiro deixar o melhor exemplar na minha coleção, e apegado a ela como sou, não tenho o hábito de me desfazer, seja vendendo ou presenteando, nenhuma moeda que eu não tenha duas iguais, na verdade nunca o fiz. Claro que queremos o melhor para nossa coleção, assim deveremos ser para qualquer coisa, mas antes uma BC no bolso do que uma FC voando.

Entenda que grande parte das moedas que vemos hoje no mercado são circuladas, afinal estamos colecionando dinheiro e nem todos dão os devidos cuidados as suas moedas, lembre-se que antes de chegar a sua coleção o exemplar terá passado centenas de vezes por mãos, bolos, gavetas, afinal, é o atrito com outras moedas que principalmente desgastam as mesmas.

Entendamos agora os vários graus de conservação das moedas, padronizados a muito tempo e que são seguidos até hoje por sua simplicidade e praticidade, aqui serão apresentados da qualidade superior à inferior:

PROFF: Moeda de cunhagem especial com fundo brilhante espelhado e relevos foscos, geralmente esses exemplares são conhecidas como “prova” e já são cunhadas exatamente para mostrar as moedas que serão cunhadas daquele modelo, assim não são postas em circulação, sendo vendidas geralmente apenas pelas casas de cunhagem.

BRILHANTE NÃO CIRCULADA – ( BNC ): Moedas que são cunhadas para circulação, contudo não foram circuladas por motivos de coleção ou exposição para apresentação, geralmente são vendidas em estojos pelas casas de cunhagem.

moeda de 1 escudo no estado fdc

 

FLOR DE CUNHO – ( FDC ou FC ): As moedas flor de cunho são as que geralmente não chegam a entrar em circulação, são apresentadas sem nenhum vestígio de manchas ou mossas, mas podem apresentar mínimos desgastes em razão do seu contato com outras moedas no seu sachê original. Entenda aqui que esses desgaste deverão ser realmente mínimos, geralmente só identificados com lupas ou olhos muito atentos.

Observação: É normal que iniciantes confundam as classificações FC com a BNC, acontece que a moeda flor de cunho pode apresentar pequenos desgastes pelo contato normal com outras moedas, o que não acontece na BNC. Uma outra corrente, defendida principalmente pela numismática portuguesa, é que o estado flor de cunho refere-se as primeiras moedas cunhagem com determinado cunho, quando o mesmo ainda esta novo e sem nenhum desgaste das milhares de moedas já cunhadas, realmente existe uma diferença mínima no brilho das moedas quando o cunho já esta no fim de sua vida útil, mas esse detalhe é percebido geralmente por olhos mais experientes.

moeda de 1 escudo no estado sob

 

SOBERBA – ( SOB ): Moeda sem sinais de circulação, possui o brilho original e poucas marcas de contato, geralmente apresentam pequenos desgastes em razão do contato com outras moedas durante a fabricação, armazenagem e transporte em massa. Raspagem e pequenos riscos são os sinais geralmente vistos. Ainda assim a moeda não apresentará sinais de desgaste por circulação.

moeda de 1 escudo no estado bela

 

BELA: Pequenos sinais de desgaste no relevo da gravura, alguma oxidação menor ou formação de patina por má armazenagem e conservação ou mesmo pelo tempo, moeda que apresenta poucos sinais de circulação.

 

moeda de 1 escudo no estado mbc

 

MUITO BEM CONSERVADA – ( MBC ): Moeda com pouca circulação, apresenta alguns sinais de desgaste mais elevados na gravura e pode apresentar algumas marcas de desgaste nas bordas, riscos ou marcas de dedos são comuns nesse estado, contudo a gravura não terá prejuízos de visualização.

 

moeda de 1 escudo no estado bc

 

BEM CONSERVADA – ( BC ): Moeda com aparentes marcas de circulação. Visíveis desgaste na gravura, mas com todos os detalhes bem visíveis, incluindo legenda e data, marcas de uso e riscos mais acentuados estão presentes.

 

moeda de 1 escudo no estado reg

 

REGULAR – ( REG ): Moeda com bastante marcas de uso, desgastes na gravura, na legenda e também na data, apresentando porém as principais características da gravura cunhada.

 

moeda de 1 escudo no estado mc

 

MAL CONSERVADA – ( MC ): Legendas corroídas e datas com marcas que as tornam quase identificáveis, contudo mesmo a moeda tento fortes sinais de desgaste ainda é possível identificar de qual moeda estamos falando.

 

Se por algum motivo sua moeda chegar em um estado abaixo da conservação MC, você terá em mãos apenas algum disco de algum material especifico, com agressivas marcas de desgaste e sem nenhuma forma de identificação.




André Luiz Padilha

Graduado em direito com especialidade em meios alternativos de soluções de conflito e atualmente é estudante de História. Colecionador de moedas desde 1997 e numismata desde 2011. É um ativo divulgador da numismática nacional publicando diversos artigos e estudos por dezenas de plataformas, presta serviços como avaliador e consultor em pelo menos 9 países, também é o fundador da Numismática Castro, do CNERJ e do canal Café e Numismática. É sócio da American Numismatic Association (ANA)

3 comentários

Erivaldo · 7 de maio de 2017 às 11:30

Muito legal o edital!

    André Luiz Padilha · 7 de maio de 2017 às 12:24

    Obrigado Erivaldo, estamos sempre trabalhando pra melhor atender nosso público e clientes, volte sempre!

Michel Leite · 22 de fevereiro de 2018 às 22:47

Sou iniciante e esse foi o melhor site de classificaçao p moedas que achei. No Brasil só se classifica FC, SOB, MBC, BC, REGULAR e por aí vai. Sempre percebi que há um estado entre SOBERBA e MBC, que é a BELA. Aprendi muito nesse post. Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.