Alerta | 2 Cruzeiros 1949

Especificações técnicas da moeda original
Tipo: Circulação comum
Anos: Entre 1942 e 1956
Valor: 2 Cruzeiros
Metal: Bronze e alumínio
Peso: 8,3 g
Diâmetro: 25 mm
Espessura: 2,24 mm
Forma: Redonda
Orientação: Alinhamento de moedas ↑ ↓
Código:

Especificações técnicas da moeda falsa
Ano: 1949
Metal: Cobre
Diâmetro: 25mm

Observação: As especificações técnicas que temos da moeda falsa não são precisas, uma vez que não temos esta peça em nosso acervo de estudo, para saber como nos ajudar e doar essa peça CLIQUE AQUI. Todas as peças doadas são destruídas no processo de analise e você estará colaborando com nossa campanha por uma numismática melhor.

 

Por que falsificar esta peça?

Também soa estranho para nós a falsificação de uma peça tão fácil de se encontrar no mercado. Afinal, durante todo o período de emissão regular, são mais de 102 milhões de peças iguais a essa. E o ano que foi falsificado nem é o de menor produção, há 11.252.000 de moedas originais neste ano.
Então qual motivo? Bom, um dos materiais base para essa moeda é o alumínio e sabemos que não é um material que resiste bem ao tempo, por isso acreditamos que a ausência de moedas em estado AU55 ou superior possa ter incentivado os falsários a iniciar sua produção.
Já existem exemplares como esse aqui no Brasil.

 

Como diferenciar original e falsa?

O método de fabricação dessa falsificação é a fundição, sendo ele diferente do método de cunhagem da original, assim toda a moeda é diferente. Contudo, olhos inexperientes podem não se atentar aos detalhes, iremos listar quais são os principais:

 

ANVERSO

1 – Todas as três linhas presentes nessa falsificação são mais grossas que as originais;
2 – O espaçamento entre as letras da palavra “Brasil” não foram respeitados;
3 – A circulação feita em toda a moeda é diferente, sendo possível notar que a moeda falsa possui as esferas mais “volumosas”, resultado do processo de fundição;
4 – Nos dois pontos circulados em cima do mapa do Brasil é possível notar que a diferença entre as gravuras é muito grande, em toda ela.

 

REVERSO


5 – A linha que fica por de baixo da palavra “CRUZEIROS”, além de ser mais grossa, a curvatura no final dela é mais acentuada e extensa;
6 – No ano de “1949” os números estão totalmente colados, enquanto no original há espaçamento;
7 – Os detalhes das folhas são bem inferiores e grossos;
8 – A linha que envolve o numeral “2” em destaque, por ser mais grossa, há lugares que ele deixa de ser borda e “fecha” a moeda, como no ponto destacado.

 

Divulgue esse movimento, por uma numismática melhor!

 



Contato:
contato@numismaticos.com.br
 



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.